terça-feira, 12 de janeiro de 2016

O amor como unidade existencial


O amor como unidade existencial - Construindo a felicidade pela integração

Neste estudo realizado no Centro Espírita Tarefeiros do Bem em janeiro/2016 buscamos desenvolver a ideia do amor que reúne e plenifica os seres levando-os a estágios mais espiritualizados e felizes.

Paulo de Tarso nos fala muito em suas epístolas sobre o amor, sobre a operacionalização deste amor nas ações cotidianas que garante a entrada no reino dos céus através da prática de caridade que é definida pelo espiritismo como sendo a benevolência para com todos, a indulgência para com as imperfeições dos outros e o perdão das ofensas.


Em sua primeira carta aos Tessalonicenses ele nos fala sobre a necessidade do sacrifício diante das dificuldades que a vida oferece como caminho para o fortalecimento do espírito. Convoca-nos a caminhar com sobriedade diante dos que nos dificultam a caminhada para que assim possamos nos aproximar de Jesus e de seus ensinamentos.

Tendo como pontos de partida os ensinamentos contidos em OLivro dos Espíritos e em O EvangelhoSegundo o Espiritismo, ambos de Allan Kardec, buscamos olhar para o amor como ponto focal que a todos reúne, como ferramenta de trabalho para atingir a felicidade.

Disponibilizo esta palestra através de vídeo publicado no canal do WebEspiritismo no YouTube, mas você pode fazer o download do áudio em formato MP3 e dos slides usados na apresentação ou ouvir o áudio diretamente nesta página.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui o seu comentário