quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Bálsamo



Bálsamo
(26/08/3015)

Quando encontrei teu coração partido,
senti-me constrangido!
Conhecendo-te e ao ocorrido,
senti que poderia ter sido comigo...

Como alvos da alheia violência,
é fácil reconhecer esta opulência!
Vitimados nesta existência;
pedimos clemência...

Por ti desidrato.
Solidário ao teu fato;
repudio o distrato!

Indignado;
caminhando lado a lado;
ato a ato;
desidrato...

Pela proximidade entretanto;
recolhi-me em pranto.

Questionando para que tanto;
cheguei ao santo!

Maria jogou-me o manto...

(guilherme fraenkel)

Licença Creative Commons
O trabalho Bálsamo de Guilherme Fraenkel está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://www.guilherme.fraenkel.nom.br/?page_id=10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui o seu comentário