quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Acreditar

Ontem tive a oportunidade de entrar em contato com preciosa reflexão sobre os dogmas religiosos. Um verdadeiro banquete oferecido na casa de Emmanuel e orquestrado no plano material pelo André Andrade, que iniciou a fala com a citação que transcrevo a seguir.


Temos muito a pensar sobre o nosso grau de maturidade espiritual. 
Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o.
Sindarta Gautama

Saí do estudo refletindo sobre a forma como tenho me posicionado na vida e em específico na prática religiosa. Será que temos buscado a libertação?

Eis o que é Jesus! Mediador e não redentor, porque a ideia de redenção não suporta exame. É contrária a justiça divina e a ordem majestosa do universo. Entre os mundos que rolam no espaço, a Terra não é o único lugar de dor. Outras estâncias há de sofrimento, em que almas, cativas da matéria, aprendem, como aqui, a dominar seus vícios e adquirir qualidades que lhes permitirão o acesso a mundos mais felizes.
Léon Denis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui o seu comentário