sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Bem Aventurados os Pacificadores

O grande tratado de Paz tem que ser assinado no foro interno do eu individual antes de poder ser ratificado no foro externo das relações sociais. Nunca haverá Nações Unidas, nunca haverá sociedade ou família unida enquanto não houver indivíduo unido. Pode, quando muito, haver um precário armistício (que quer dizer "repouso de armas"), mas não uma paz sólida e duradoura enquanto o indivíduo estiver em guerra consigo mesmo. Que é um armistício se não uma trégua, maior ou menor, entre duas guerras? Paz social, segura e estável, supõe paz individual, firme e sólida. Rohden, Huberto; O Sermão da Montanha; Martin Claret; SP; 2003;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui o seu comentário